Total de visualizações de página

Postagens populares

Follow by Email

Pesquisar este blog

domingo, 31 de janeiro de 2010

Vaso com alças de romãs, faiança,esmalte branco, provençal,1040 ºC,pommegranate vase,white earthenware


Fruteira gigante com limões, faiança, esmales e baixo esmalte,1040ºC,2009, ceramic lemons,white earthenware


Fruteira gigante com limões, faiança, esmales e baixo esmalte,1040ºC,2009, ceramic lemons,white earthenware,




Potiches de faiança com tampa, com aplique de rosas, verde claro, 1040º, 2009.


Flores de ceramica branca, faiança, feitas à mão, pintadas em baixo-esmalte, 1040ºC


Mini cestinhas de flores em ceramica branca, faiança, 1040ºC, baixo-esmalte, feitas inteiramente à mão.


Torres de flores e frutas em ceramica branca, faiança, baixo esmalte, 1040ºC, feitos à mão


Ceramica renascentista: Rotonda Della Robbia, 1495, esmalte de estanho, azul de cobalto verdes de cobre,amarelo de antimonio,escultura feita em partes


O roxo amarronzado é de manganês,tudo queimado à lenha, sem medidores de temperatura, sem conhecimentos de química modernos, apenas conhecimento dos materiais e suas reações, o processo era árduo mas o resultado fala por sí......Hoje temos tanto e fazemos tão pouco.

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

jogo de chá tipo japonês,grés, alta temperatura,1260ºC,esmalte celadon,ferro em redução, 2003,


Peças em argila vermelha, com branco de estanho, e algumas pintadas com técnica maiólica,1040ºC,1999.Outras com esmalte colorido e uma com engobes.


Tigela grande de argila vemelha, com esmalte branco com óxido de estanho, decoração maiólica ,com ox de cobalto cobre e ferro ecorante mineral,1040º


Jogos de café de grés, 1260ºC,esmalte celadon, redução,


É difícil conseguir uniformidade na cor, dá uns mais azulados, mais esbranquiçados, mais esverdeados, mais transparentes,mais opacos...mas eu gosto do resultado.

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Ceramica que admiro:: Ceramica nazca, sul do Perú,200-900 D.C., engobes e terra sigilattas, argila vermelha,

Eles recolhiam as terras ,minérios e pedras, as moíam, refinavam e queimavam, com lenha, pintavam com as desenhos religiosos que vemos...o Deus felino comum a todo o Perú durante essa época.

Ânfora dijon com pé quadrado, aplique de rosas, provençal


Várias cestas de flores e frutas,castiçais feitos á mão, pratos de parede, Cesto estilo capodimonte,. Faiança 1040ºC,


Ainda temos os moldes e ainda as fabricamos só que hoje só com esmalte branco, com envelhecido, no estilo provençal, antigamente as faziamos com baixo-esmalte e com tintas OG para terceira queima.

domingo, 24 de janeiro de 2010

Outro celadon, cerâmica clássica chinesa, celadon de longquan, dinastia Song, ferro em redução, Pés e bordas ré-oxidadas, 900-1200 D.C., Grés,

Os celadons são uma família muito grande: desde os verdes escuros olivas até os mais azulados e aturquesados, sobre argilas escuras até a porcelana,desde os mais brilhantes até os mais opacos passando pelos oleosos,com ou sem opalescencia tem até uns bem amarelados.

Ceramica grega : "lekitos" funerário, engobes e terras sigilattas, 900-950ºC, Atenas , 430 A.C.

O desenho deles era incrível!!!, tudo com argila vermelha áttica, queimado à lenha, com períodos de redução , para que uma das argilas ficasse negra, as outra eram depois re-oxidadas...que técnica....e sempre com poucos recursos,muita observação dos materiais que eles tinham ao seu alcance....muita arte de qualidade. Como diz o Chitti " se não perdemos tudo ,perdemos bastante !!, hoje dependemos demais de coisas prontas.....eles faziam tudo do zero....provavelmente eram mais inteligentes do que nós......

Vaso tipo huari, argila vermelha com engobes, polimento com pedra, 1040ºC, 2008,


Vsos de jardim, alta temperatura com relevos 1250ºC, forno à gas oxidação.2001.


quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Chaleira e xícara de cha´ com relevos de folhas, verde claro, faiança, Valinhos 2006


Cafeteira e xícaras,vermeho de cobre , 2001. Porcelana .1280 ºC. Valinhos


Torres de frutas de faiança, pintura baixo esmalte 1040º,valinhos 1998, estilo capodimonte,montada inteiramente à mão.Folhas feitas á mão.


Outra chaleira com vermelho de cobr, ox blood, rojo de cobre, sangre de buey, sang-de-boef. rouge de cuivre, porcelana, 1280ºC, 2001.


Conforme a peça, e a temperatura , a aplicação, o cobre começa a volatilizar-se, deixando pedaços sem cor.

escultura, argila vermelha, 1040º,1999, engobe


escultura, argila vermelha, 1040º,1999


Primeiras tentativas de porcelana na Europa: porcelana Médici, sec. XVI , Italia, Florença,Azul de cobalto baixo esmalte

Estas tentativa criaram toda uma família a parte na ceramica: as das porcelanas brandas, feitas com fundentes diversos e poucas argilas, muito qurtzo, ficavam entre vidro e ceramica, eram difíceis de serem trabalhadas pela pouca plasticidade. Houveram posteriormente outras tentativas na França(saint Cloud), na Inglaterra(Bone china) na França (St. Vincennes,depois Sévres). São hoje em dia massas com sua própria personalidade e características.

Ceramica classica chinesa:celadon de Long-quan,dinastia song,900-1200 D.C.,Vaso ritual cong.

Observar o famoso "pé de ferro" , é o avermelhado na base da peça, resultado da reoxidação do ferro, que reduzido da a cor característica do celadon. Estes são os celadons clássicos por definição, são oplalescentes,não muito brilhosos,com uma textura amanteigada, um craquelado chamado pelos colecionadores chineses de "pinças de caranguejo". Estes esmaltes , assim como muitos de alta temperatura tem uma qualidade "não pregnante", com diz o Prof. Fernandez Chiti, pois são cores que não podem serem descritas com uma palavra só.....é um verde acinzentado claro ligeiramente aturquesado. o celadon é um derivado da fascinação dos chineses pelo jade, pedra valiosa entre eles.

Arara de asa aberta ceramica branca,faiança,provençal,1040º,oxidante,forno a gas, white earthenware macaw, open wings,2009

Apesar de muitas das partes serem feitas na forma, a montagem dela é bastante trabalhosa, e feita com suportes para a asas não desmancharem.

conchas marinhas decoradas com azul de baixo esmalte, faiança,1040ºC, 2009,


quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Ceramica clássica chnesa:Outro jun jao, dinastia sung 900-1200 dc, opalescencia ,mancha de cobre em redução,gres,alta temperatura


Cesta com duas rosas,centro de mesa com rosas, ambas em porcelana,1280ºC,Pintura 750ºC, tintas de porcelana, 1994,Porcelain flowers,estilo capodimonte

Pétalas , folhas, montagem e pintura toda manual, feitas em 1994. Hoje as faço na faiança e com baixo esmalte.

Cesto estilo capodimonte , porcelana ,duas rosas,1280ºC, pintura com tintas de porcelana 750ºC, 1993,


Ceramica clássica chinesa: guan-yao do tipo "ge", dinastia song do sul , após de 1121 DC,gres oscuro,celadon


Até hoje se procura o forno que fabricava estas peças, em o forno(era uma marca também) Xiuneisi, A massa era quase negra e muito fina , o esmalte era mais grosso que a própria peça, eram as tentativas dos novos imperadores de repetir o ru-yao de Huizong. Haviam vários fornos fabricando ceramicas para a corte imperial e levavavm o nome de "guan" ou "kuan", que quer dizer "oficial", um deles era o de Jiaotan ou" altar suburbano", estes do tipo"ge" eram queimados diversas vezes para deixar a camada de esmalte mais grossa que o de própria peça.O craquelado era acentuado pela cor escura da massa.

Jarra com rosas, castiçal de rosa com anjo, 2005. Faiança 1040ºC.


Cestas de frutas em porcelana 1280ºC, porcelain handmade fruits baskets,tintas de porcelana 750ºC,1994


Esmaltes de cinzas, celadon rustico tipo yueh,argila do Capivari, alta temperatura, Peças gres alta temperatura 1260º C, granito rosa e cinzas


Peças em rakú, 1000ºC;2002,


Cesta de porcelana , 1280ºC, cores de tintas de porcelana 750ºC, 1993, alças ,florese folhas feitas a mão


terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Peças diversas estilo capodimonte, 2003. Torres de rosas, centro de mesa com flores e fruteiras grandes, faiança, 1040ºC.


Peças em alta temperatura, 1250ºC, argila do Capivari, esmaltes branco de titanio e azul de ferro, ambos em redução

Feitas em 2001,são feitas com placas trabalhadas com relevos, o azul foi feito com cinzas e granito,fosfato de calcio , e é oplalescente.Um poco mais e consigo os jun-yao. Preciso pesquisar mais ainda.

Castiçal lotus e rosa de ceramica branca com folhas e cabo, feitos inteiramente à mão,2003.

Feitos pétala por pétala , folha por folha....dá bastante trabalho. Já os fizemos em porcelana. O trabalho fica bem delicado e translúcido, mas se gasta muita energia até os 1280º- 1300ºC.

Cestas de frutas em ceramica branca, estilo capodimonte, faiança, 1040ºC, pintadas com baixo esmalte , alça,folhas ,uvas e cabos feitos à mão 2002.


Porcelana Meissen , desde 1709, porcelana de Boettger,1709-1721,Primeira porcelana dura da Europa,

Boettger junto com Tschirnhaus, eram alquimistas e sob a tutela, proteção e por último prisão de Augusto O Forte de Saxonia, re-inventaram , re-descobriram a porcelana tão almejada e somente fabricada até a época , na China. Começou um período de ouro da porcelana na Europa , e também de espionagem do segredo de como fazer a porcelana , ....... "O Arcano".Houveram muitas traições e intrigas atrás deste valioso segredo, Viena, Berlim ,Capodimonte, Sevrés,Rússia,Espanha,e outros reinos criaram suas próprias fábricas, com nomes que são famosos até hoje.

Ceramica clássica chinesa: Taça de libação, para oferenda, vermelho de cobre, ox blood red, Dinastia Ming,rojo de cobre, porcelana, alta temperatura,

Na Dinastia Ming foi regularizado bastante o vermeho de cobre, porém à custa de muitas peças com defeito, na concepção imperial, chamadas de "mang", eram descartadas e só algumas eram reservadas para uso imperial.Devido a isto o vermelho de cobre foi sendo deixado de lado, e só foi retomado no século 18. Muitas peças chamadas antes de defeituosas foram classificadas em outras famílias como a de " flor de pessegueiro", "ashes of roses"(cinzas de rosas),e os" flambés", com escorridos azulados e purpúreos. Até hoje o controle da cor está mais para uma arte do que para uma ciencia, mesmo com medidores de oxigenio, carbono e temperatura muito precisos. Os americanos Tom Coleman e Otto Heino ( com Vivika Heino, sua esposa já falecida), tem excelentes estudos e pesquisas com estes esmaltes. Hoje na China também há uma extensa produção destes esmaltes assim como no Viet-Nam , Tailandia e Corea do Sul, tanto na porcelana como no grés.

ceramica chinesa : ceramica Lang -yao, vermelho de cobre,ox-blood, dinastia Qing,periodo Kiang long, 1700-1800,porcelana alta temperatura


Ceramica classica chinesa :Ru yao, celadon azul de ferro, dinastia song, 900-1200DC, gres claro , alta temperatura