Total de visualizações de página

Postagens populares

Follow by Email

Pesquisar este blog

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Vaso dinastia Qing, Período Qianlong, Vaso vendido por 69 milhões de dólares americanos em leilão.




Este vaso foi vendido pela maior quantia já paga por uma peça de cerâmica: 43 milões de libras esterlinas ou 69 milões de dólares americanos, aparentemente o vaso foi achado em um porão e daí foi identificado como pertencente ao período Qianalong da Dinastia Qing....este Imperador foi um colecionador de antiguidades e de peças de arte chinesas e constantemente mandava aos ceramistas de Jingdezhen fabricarem peças novas para suas coleções,às vezes reproduções de peças mais antigas , outras vezes mais contemporânes, sempre com um espírito preciosista...Este vaso em particular apresenta relevos e perfurações,esmalte celadon (reduçâo), e depois diversos acabamentos com púrpuras de ouro(púrpuras de Cassius),vermelhos de ferro,verdes ,amarelos,etc em diversas temperaturas...Aparentemente foi encomendado ao mais famoso dos superintendentes de Jingdezhen Tang Yin, que era um letrado humanista e sob o qual muitos esmaltes chineses famosos foram fabricados. O trabalho cerâmico atingiu uma divisão de trabalho extrema... esta peça pode ter passado pela mão de até setenta artistas.
Quem me dera vender uma peça por um valor desses! Só sei do ceramista Otto heino que vendeu vasos com amarelo de alta temperatura para um grupo de japoneses pelo valor de 500.000,00 dólares americanos.. ( em artigo da Ceramics Monthly "Otto's Gold")

Nenhum comentário:

Postar um comentário