Total de visualizações de página

Postagens populares

Follow by Email

Pesquisar este blog

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Ceramica clássica Inglesa: John Dwight (1640-1703) fundador da Fulham Pottery, Middlesex,Inglaterra, 1670-1870







Com John Dwight começa um capítulo aparte da ceramica : a dos ceramistas empresários dedicados a satisfazer um mercado, no caso do Dwight, ele patentou alguns tipos como o agateware e as esculturas de gres branco e vermelho com esmalte de sal. Este pulo qualitativo na ceramica inglesa ocorreu pelo estímulo das porcelanas e grés chineses em primeiro lugar, e pelos grés salinos do norte da Europa. Aparentemente Dwight foi o primeiro que teve a idéia de acrescentar à argila de alta temperatura quartzo em pedra moído(sílica), isto ajudava a esbranquiçar mais ainda as massas e fazê-las mais sensíveis ao esmaltado por vaporização de sal. Ele também dava um banho de engobe com uma argila vitrifivável que dava um acabamento metálico parecido ao bronze. A empresa ceramica fundada por ele Fulham durou mais de 200 anos com seus descendentes. Ele fugiu bastante aos seus contemporâneos em qualidade técnica e estilo, e criou um padrão ao qual os ceramistas de Staffordshire logo se encaixaram. Aparentemente iniciou um perído de ouro na indústria ceramica inglesa em que a ciencia foi se incorporando ao processo ceramico. Também criou um padrão para a ceramica de alta temperatura, pois na sua época todos trabalhavam em baixa temperatura, com argila avermelhadas e com decorações de barbotinas coloridas(slip-ware), e em alguns casos com esmaltes de estanho, com decoração de azul de cobalto,manganês e cobre(maiólica inglesa). Ainda acredito que se a porcelana não tivesse sido ré-descoberta na Saxonia por Boettger e Tschirnhaus, provavelmente o teria sido na Inglaterra. Após ele surgiram outros nomes da ceramica inglesa que são sinônimos de qualidade :Wedgewood , Frye e Spode que criaram uma massa que usamos até os dias de hoje : cream-ware ou faiança dura ou faiança feldspática. Há outras criações da cerâmica inglesa como a Bone-China ou Porcelana de Ossos...um outro capítulo a ser comentado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário